Confira as novidades na prevenção e detecção do HIV no Brasil

hiv_actionDuas boas novidades no que diz respeito à prevenção e detecção do HIV no Brasil. Ainda este mês chegará às drogarias o primeiro teste de farmácia de identificação do vírus. Fabricado pela Orangelife, o Action custará entre R$40 e R$60.

Com efetividade de 99,9%, seu funcionamento se dá através de coleta de gotas de sangue e o resultado sai de 15 a 20 minutos. Sua eficácia é maior caso executado um mês após a relação de risco.

Sendo negativo o resultado, a indicação é refazê-lo por mais duas vezes para a comprovação – com intervalo de 30 dias entre uma testagem e outra.

Enquanto isso, o Ministério da Saúde revelou que medicamentos antirretrovirais para prevenir e reduzir o risco de contaminação pelo HIV serão ofertados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) até o próximo ano.

Inicialmente, a Profilaxia Pré-Exposição (PrEP) estará disponível em 12 cidades: Porto Alegre, Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Fortaleza, Recife, Manaus, Brasília, Florianópolis, Salvador e Ribeirão Preto).

hiv_prep

A estimativa é que a PrEp seja utilizada por sete mil pessoas no primeiro ano de implantação. Apenas pessoas não infectadas pelo vírus e que mantenham relações de risco com maior frequência terão acesso ao medicamento.

Ainda assim, será necessário passar por uma avaliação de vulnerabilidade, realizada por profissionais de saúde, que considerarão questões como número de parceiros sexuais, os outros métodos de prevenção utilizados, o compromisso com a adesão ao medicamento…

De uso contínuo e diário, a PrEp garante a proteção a partir do 7º dia para exposição por relação anal e a partir do 20º dia para exposição por relação vaginal.

Pessoas já contaminadas pelo vírus não podem utilizar o medicamento, uma vez que compromete o tratamento do HIV.

Países como a África do Sul e a França já oferecem o tratamento preventivo pelo sistema público de saúde. Enquanto outros como Bélgica, Canadá, Escócia, Estados Unidos e Peru comercializam a PrEp na rede privada.

Ainda assim, nenhum dos métodos dispensa o uso de preservativo; único método contraceptivo eficiente capaz de proteger contra outras doenças sexualmente transmissíveis e gravidez indesejada.

hiv_prep2

Comentários

Comentários

Adele Grandis: Taurina com ascendente em touro - isso explica muita coisa!