Sobre o Pixo das Bixa

Artigo por Márcio Zamboni

Com esse debate todo sobre pixação involuntariamente desencadeado pelo novo Prefeito de São Paulo, tenho visto vários amigos gays reivindicando o pixo como uma linguagem também utilizada pelas bichas (bixa também pixa) – mas tenho percebido que poucos realmente conhecem a história do protagonismo das homossexuais na história da arte de rua no Brasil (e no mundo).

Rainha do Frango assado (Vallauri)

A verdade é que dois dos principais pioneiros do grafitti no brasil, Alex Vallauri (1949-1987) e Hudinilson Junior (1957-2013) eram viados e o tema de algumas das pixações mais icônicas do início dos anos 1980 (a botinha preta da rainha do frango assado e o “ahh! beije-me”) tinham tudo a ver com isso.

Alex Vallauri

E isso não foi coincidência. A pixação foi uma forma que eles encontraram de levar para o espaço publico (de maneira anônima e provocativa) a cultura gay marginal da época. Foi inclusive em uma madrugada de pixação que ambos por acaso se conheceram – e ficaram melhores amigos até que a morte de Alex (vítima da AIDS), os separou.

ahh beije me

Uma das pixações mais visíveis do Hudinilson era justamente um grande “Ahh! beije-me” em um muro bem no meio da Avenida Vieira de Carvalho – local que já naquela época (e desde muito antes, na verdade) concentrava um grande número de bichas. Hudinilson adorava contar que costumava levar os rapazes pelos quais estava interessado para a frente daquele muro (um dos poucos trechos da avenida que não é ocupado por bares). Depois de mostrar a obra e perguntar a opinião do interlocutor, ele revelar a autoria e pedia, na cara de pau: “ahh, me beija!”. O muro continua lá, mas pintado de cinza.

act up

Não foi só no Brasil que as gays tiveram protagonismo no mundo do grafitti. Keith Haring (1958-1990), um dos principais nomes da arte de rua nos Estados Unidos, era também gay. Tendo vivido os últimos anos da sua vida com HIV, foi inclusive responsável por algumas das mais icônicas imagens do ACT UP (AIDS Coalition to Unleash Power) – movimento de apoio às vítimas da epidemia protagonizado por homossexuais.

Keith-Haring

Ou seja: Tanto no fervo quanto na luta, pixo sempre foi coisa de bixa.

Comentários

Comentários

ACT Redação é o seu robô preferido.