A misoginia dos homens gays ao dizerem “tenho nojo de boceta”

tumblr_mkt7bvKspF1r2buwto1_1280

Há mais de uma década fui retirado do armário. Com apenas 15 anos ainda não entendia o que eu gostava, então me relacionava com meninas por dois motivos: pressão social e afinidade. Recentemente voltei a ficar com garotas, algo que eu já havia imaginado, mas adequei a minha sexualidade dentro de uma caixinha homo e nunca fui além do questionamento, até o ano passado.

Então estou eu ficando com uma garota novamente. Depois outra. E percebo que existe uma sinceridade no olhar, uma troca diferente da que desenvolvi em minhas relações homossexuais. Algo bem próximo da afinidade que eu sentia quando ficava com ‘elas’ até meus 15, mas de uma forma mais direta e adulta.

Refletindo sobre esses acontecimentos, pensei: “de bicha, viado afeminado que dá close,eu agora seria bissexual??” Então me pus a questionar novamente onde eu estaria me encaixando, onde que minha mente estava me levando com esses discursos prontos?

Já havia experimentado outros corpos, fiquei com algumas amigas travestis no decorrer dessa curta vida. Mas ficar com uma mulher cisgênero me levou para uma outra parte dessa história toda.

Esses pensamentos me fizeram a observar o quanto alguns gays são machistas e colocam a atração por mulheres  como algo distante, quase inimaginável e impossível. Muitos inclusive desenvolveram um nojo pela boceta e apresentam um certo pavor ao se imaginar em certas situações. (Obs: vejo muitas pessoas usando boceta e caralho como termos de coisas ruins, associando sempre nossos orgãos a algo negativo).

tumblr_mln0hwo68c1r0c91go1_500

Não estou falando que as bichas precisam sair por ai chupando grelo, na real, vá atrás de chupar o que você quiser! Mas está na hora de ocorrer uma conscientização em relação ao valor dos nossos corpos, que aquele cu, ou aquela boceta não tem nada de nojento, ou de horroroso, pelo contrário, é belo e comum e totalmente humano.

É importante que as pessoas que sofreram algum tipo de preconceito, como os homens gays, repensem seus próprios conceitos em torno daquilo que não lhe atrai sexualmente. Não atração e repulsa são coisas diferentes! 

Acredito muito que mulheres e os homens gays precisam se ver de maneiras mais próxima. Acredito inclusive que as travestis e trans são a grande a grane liga nessa união. A luta contra o machismo, patriarcado e todos os preconceitos é uma só. As mudanças precisam ocorrer inicialmente em quem em algum momento sofreu alguma retaliação por ser o que é, e assim, esse comportamento de repressão diminua dia a dia.

Comentários

Comentários

Dudx é editor/fundador d'A Coisa Toda, assessor e produtor, artista visual, palhaçx e erê de buaty.