Primeira delegacia das mulheres passa a ser 24h

1-LLWOhm3ObTYWPcC-ZcmV0A

“Selváticas, elas não necessitam seu elogio, ela transgride sua orientação. Refeito o começo bíblico: ‘não ferirás nenhum corpo por ser feminino com faca, ou murro, ou graveto’. Eu te prometo!” – Selvática, Karina Buhr.

No 7 de agosto deste ano fez 10 anos da criação da Lei Maria da Penha, a primeira brasileira que criminaliza violência contra mulheres. No início, as mulheres cisgênero que eram abrangidas pela lei, porém, neste ano, transexuais também estão sendo atendidas pela Maria da Penha.

É uma década de muita luta!

1-LLWOhm3ObTYWPcC-ZcmV0AO estado paulista possui 132 delegacias das mulheres, sendo 9 delas na capital, todas funcionando em horário comercial, ou seja: fechadas aos finais de semana e à noite, horários que, segundo uma pesquisa promovida pelo Ipea, ocorrem maior índice de violência contra a mulher.

Partindo destas problemáticas, a Minha Sampa lançou uma petição online exigindo ao Estado e a Secretaria de Segurança a abertura de delegacia feminina nas regiões da cidade e no estado.

Foram feitas intervenções e criou-se uma rede social que colocou mulheres de todo estado em contato para exigirem esta mudança. Após grande manifestação e repercussão midiática sobre os 10 anos da Lei Maria da Penha, chegou a notícia: a 1ª Delegacia de Defesa da Mulher será aberta 24 horas.

Mais uma vitória para o combate à violência contra a mulher!

Para fazer parte do grupo Mulheres Mobilizadas, acesse: http://mulheresmobilizadas.minhasampa.org.br/

Serviço:

1ª Delegacia de Defesa da Mulher (Centro)

Rua Dr. Bittencourt Rodrigues, 200. Térreo

Telefone: (11) 3241-3328

Comentários

Comentários

Bixa, sirigaita, leonina, jornalista e idosa aos 22 anos.