Motivos pra namorar uma pessoa gorda: precisa?

Ah, o Dia dos Namorados. Pra muitos uma data de amores, pra outros a oportunidade de problematizar sobre a capitalização dos sentimentos e como o mercado encontra sempre uma forma de lucrar com nossos afetos. Aqui na coluna O Grande Close a gente ama problematizar, mas… vamos aproveitar o gancho da data pra falar sobre pessoas gordas e namoro. A afetividade das pessoas gordas é um tema amplo e ainda será tema de muitos textos aqui (aguardem, mores), mas dessa vez fui inspirado pela reflexão da maravilhosa Rachel “Matryoska” Patrício (inclusivem sigam essa moça em todas as redes e leiam os textos delas em todos os blogs possíveis pois: puro aprendizado e amor):


De fato, nessa semana que passou houve um close bem errado que pipocou pela internet, vindo de um blog que supostamente seria de empoderamento gordo. Era um desses textos de “tantos motivos pra namorar uma pessoa gorda”. Como esses existem muitos na internet. E precisamos discutir sobre a existência deles. E porque eu não quero expor pessoas ou tomar como exemplo somente uma situação pontual, eu “fui a campo” fazer um levantamento do que estavam falando sobre namorar pessoas gordas. Pesquisei em 20 sites diferentes, de acordo com as postagens mais populares ordenadas pelo Google, e tabulei os tópicos de acordo com a frequência que se repetiam em cada uma das listas.

Antes de comentar os resultados, vamos deixar uma coisa bem pontuada: eu entendo a intenção de muitas pessoas que fazem esse tipo de lista. Pessoas gordas, inclusive. Entendo que haja uma tentativa de empoderamento por trás disso, de “arranjar motivos ou vantagens pra dizer como é legal namorar alguém gordo” (até porque a impressão que dá é que essas listas são direcionadas pra pessoas magras). A solidão da pessoa gorda é algo real, a rejeição que sofremos ao longo da nossa vida (especialmente na adolescência, quando nem sempre entendemos todos os mecanismos de exclusão de maneira mais abrangente) também é uma problemática que marca nossa existência.

 

Exemplos das tais listas.

Exemplos das tais listas.

 

Mas… por que esse tipo de lista mais prejudica do que ajuda? Especialmente por três motivos:

1. Você acaba por reduzir pessoas plurais e diversas em uma única categoria: pessoas gordas. Ser gordo é algo que nos une enquanto grupo, mas cada pessoa é única e tem qualidades e defeitos únicos. Ao dizer sobre as vantagens de namorar uma pessoa gorda, você acaba pressupondo que todas as pessoas gordas tem as mesmas qualidades, o que não é verdade. E isso nos leva ao segundo motivo;

2. Pessoas gordas podem se sentir culpadas por não se encaixarem nesse “pacote padrão de qualidades”. Nesse caso, geralmente o que acontece é que as pessoas gordas passam a se querer mudar quem são pra caber nesse quadro que pintaram delas, ou se fecham/retraem mais ainda, por não se enxergarem nesse estereótipo. De repente a pessoa se vê rejeitada por pessoas magras e não se “encaixa” em como uma pessoa gorda “deve ser”. Gente, isso causa um sofrimento psíquico enorme!

3. Isso alimenta de uma maneira muito negativa a imagem midiática que se dá ao corpo gordo. Veja bem, se a publicidade contemporânea se preocupa em usar os corpos como dispositivos ou suporte de mensagens, de maneira a seduzir seu público alvo a consumir determinado produto ou serviço, o que acontece quando sedimentamos uma imagem estereotipada (ainda que “positiva”) de pessoas gordas? Ajudamos a criar uma imagem de senso comum super estereotipada de pessoas gordas. E se a percepção das coisas depende mais da experiência e carga ideológica de quem observa do que necessariamente das características “reais” do que está sendo observado, quando reforçamos que “gordinhos são isso”, “gordinhas são aquilo”, estamos tornando o corpo gordo um objeto midiático, e quem não estiver nesse padrão imposto é rejeitado.As pessoas já olham pra você esperando que você se comporte da maneira como foi “vendido” a elas. Se você não age dentro dessas premissas, é você o culpado por ser rejeitado.

Mudar a maneira como o “senso comum” enxerga as coisas é um processo que leva muito tempo e demanda muito esforço, e olha o desserviço e o retrocesso que é quando você reforça uma imagem já historicamente distorcida. Não está convencido? Ok, vamos analisar os dados dessa breve “pesquisa”. Obviamente que os sites não usam todos AS MESMAS PALAVRAS (embora sejam poucas as variações, viu?), mas eu dividi em categorias focadas na ideia que os tópicos queriam transmitir. Vou tentar usar um pouco de humor a seguir (aliado a gifs de drag queens de Drag Race) porque não é fácil ter que abordar todo esse close errado, close errante:

Levanramento feito pela coluna O Grande Close, junho/2016.

Levanramento feito pela coluna O Grande Close, junho/2016.

 

Pessoas gordas são “boas de cama”

Eu não deveria nem ter que explicar porque essa afirmação é problemática, mas o fato dela ser a que MAIS APARECE nessas listas a torna ainda pior! Não basta o senso comum pregar que a pessoa gorda é aquela que “a gente pega escondido“, que “não se conta pros amigos“, que “faz tudo o que você quiser porque tá desesperada“. Essas listas ainda são publicadas reafirmando todo o fetichismo que envolve o corpo gordo na atualidade.

delta bufando

 

Pessoas gordas não te chamam de gordo(a) ou não se importam se você engordou

Sim, quando a gente considera que ser gordo é defeito ou ofensa a gente vai procurar uma pessoa que não diga que a gente é gordo ou que engordou.

mistique judging

 

Os abraços de pessoas gordas são “confortáveis

Queridinhx eu não sou sofá, não tenho obrigação de ser “confortável“. Quer elogiar meu afeto transmitido através do abraço, fica a vontade. Mas quer namorar alguém só porque a pessoa é “confortável“, melhor comprar um namorado de espuma, né non?

latrice q

 

Pessoas gordas são bem humoradas ou engraçadas

Agora não sou mais sofá, virei banquinho da Praça é nossa pra você chegar e dar risada. Sabia que muitas pessoas gordas se sentem na obrigação de serem bem humoradas e engraçadas porque é a única maneira que encontram de serem aceitas em certos círculos sociais, já que seu corpo é motivo de afastamento? Sabia que reforçar esse estereótipo é manter aquela ideia tosca de que gente gorda é motivo de chacota e de riso, que “gordo só faz gordice“? “Hahaha é engraçado porque ela é gorda!” NÃO. Apenas parem. Pessoas gordas não precisam ser engraçadas. E sabe o que não é engraçado de jeito nenhum? Ignorância;

ginger sorriso brava

 

Pessoas gordas comem de tudo, ou “não tem frescura pra comer

Então, preferências alimentares variam de pessoa pra pessoa, ser gordo não é sinônimo de “comer de tudo” nem de “comer muito” nem de “comer só porcaria“. Essa associação de gordura e compulsão alimentar é bem qualquer coisa, e parte da visão gordofóbica que se tem do gordo: se tá gordo, é porque come de tudo o tempo todo em quantidades absurdas.

jiggly aff

 

Pessoas gordas não fazem exercício ou não são vaidosas

Sim, porque se eu não tenho o abdomem trincado da Gracyanne Barbosa eu não gosto de fazer exercício. Bela lógica, galera. Só pra lembrar, existe gordo atleta de alto nível, existe gordo que se exercita regularmente e pasmem! Existe magro sedentário. E antes de você falar que pessoa gorda não tem vaidade, experimenta ficar fabuloso com um vestido todo cortado torto, ou uma calça jeans que parece um saco de batata, ou um sapato que só cabe metade do seu pé dentro. Vocês não aguentariam uma semana vivendo com o nosso guarda-roupa. E não custa relembrar, gordura nunca foi nem nunca será sinal de desleixo.

delta ajeita peito

 

Pessoas gordas conhecem muitos restaurantes

Oi? Virei guia agora? Tô acumulando a função de Google Maps e nem tô sabendo. Queridos, tem gordo que nem de casa sai porque não aguenta o olhar de julgamento das pessoas quando resolve comer fora. Melhorem e melhorem muito, porque de novo essa associação de gordo com comida é pra mexer com meu estômago (deixar ele embrulhado, no caso);

stacey sassy

 

 

Pessoas gordas sabem cozinhar

Há! Olha ela aí de novo! A relação com a comida. Galera deve achar que gordo recebe incentivo do governo pra comer, né? Tipo Bolsa X-Burguer. Tem gordo chef de restaurante e tem gordo que não sabe fritar ovo. E ninguém perdeu a carteirinha de gordo até hoje por não saber fazer risoto;

delta 1

 
Pessoas gordas são inteligentes

Ah, isso a gente deve ser. Porque é só bater o olho nessas listas e eu vejo que vacilo foi forte. Sério, gente, essa ideia de que quem não “cuida do corpo” (supondo novamente que gordura é desleixo) é porque se preocupa em “cuidar da mente” é bem primária. E o que é “ser inteligente“, já que as inteligências são múltiplas?

madame vamo fazer o q

 

Pessoas gordas são carinhosas e traem menos

Juntei esses dois porque a premissa deles é a mesma: a pessoa é tão grata por ter alguém que se relacione com esse corpo gordo terrível dela que ela faz qualquer coisa pra agradar, se tornando a melhor companheira de todas. Vocês ficam com essas ideias erradas e depois vem a Mc Carol mandando o namorado otário ir lavar as calcinhas dela enquanto ela vai curtir no baile fica todo mundo NOOOOSSA.

 

Inclusive vamos parar e dançar um pouco pra espantar todo esse close errado? Vamos!

 

Outros motivos que apareceram com menor frequência foram: pessoas gordas vivem melhor (pesquisa retirada diretamente do Instituto Meu Miolo Mole), pessoas gordas te elogiam com mais frequência (bem legal querer arrumar namoro só pra massagear ego, né?), caras gordos são mais machos (desde quando ser macho é elogio, gente? Cruzes!) e o absurdo é bom namorar uma pessoa gorda porque você vai parecer mais magra perto (sabe onde você pode parecer beeeem magrinho? Ficando bem longe de mim. Mas tipo beeem longe, tá? Beijos, não me liga).

Pra concluir, que fique bem claro: a ÚNICA coisa que une TODAS as pessoas gordas é a gordofobia que a gente sofre. A rejeição afetiva, a falta de acessibilidade, os olhares tortos, a chacota dos “brothers” porque o cara “pegou a gorda na balada“, a pessoa gorda que só serve de “cupido” pra apresentar os amigos e amigas, mas nunca é considerada como opção amorosa. Portanto, parem de tentar construir uma cultura de exaltação pra pessoas gordas (que na real só limita e nivela por baixo) e passem a combater a gordofobia e a patologização. Enquanto as pessoas tiverem que avisar que são gordas antes de conhecerem um crush pessoalmente, é porque ainda não é considerado normal ser gordo.

Queridas pessoas gordas, estar bem consigo mesmo não quer dizer se conformar a um estereótipo formado do “que é ser gordo”. Você é você, e pronto. Sempre tentando melhorar, sempre evoluindo, mas nunca confinado a uma caixinha. E pessoa magra, se você está procurando um motivo ou alguma vantagem pra namorar uma pessoa gorda, tenho novidade pra você: são as pessoas gordas que deveriam estar procurando vantagem em namorar você, babaca.

 

Aceita logo que a gente é fabuloso? Brigada.

Aceita logo que a gente é fabuloso? Brigada.

Comentários

Comentários

Marco Magoga é amante da Moda, casado com as Artes, em processo de divórcio com o senso comum.