Ah, se toda escola fosse assim…

EmeiSP_interna
Recentemente, uma escola municipal paulistana publicou um comunicado aos pais de seus alunos em sua fanpage e o recado acabou viralizando na rede graças à iniciativa corajosa da instituição que reformulou regras comuns do ambiente escolar visando à inclusão e tolerância na educação das crianças.

Dentre as medidas aderidas pela Emei Des. Dalmo do Valle Nogueira está a exclusão da celebração de datas comemorativas tradicionais como Páscoa e Natal, uma vez que tais ocasiões se tornaram comerciais demais e o objetivo da escola não é reforçar essa ideia.

Os famosos Dia das Mães e Dia dos Pais também não serão mais celebrados pela instituição, que acredita que essas festividades desconsiderem a diversidade das famílias existentes. Para que todos os alunos e seus familiares possam celebrar, a escola propôs a comemoração do Dia da Família.

Emei1

A publicação reforçou também que o estabelecimento é laico e não professa credo algum, respeitando a pluralidade de religiões. Por considerar que religião é da intimidade de cada família, a escola irá abolir comemorações do calendário cristão.

Deixarão ainda de fazer parte da programação do colégio as apresentações – como as juninas e de finais de ano – para que alunos e professores não se sintam constrangidos. Cantar e dançar são bons momentos vivenciados pelas crianças em sala de aula, mas não devem ser expostos em festividades para atender aos desejos únicos e exclusivos dos pais.

A nossa escola é espaço de cultura brasileira e trabalharemos para ampliar o repertório de todas as crianças, sem discriminação e exclusões. Todas as famílias são bem vindas aos eventos abertos e também para conhecer o nosso trabalho, que busca trazer novidades e conhecimentos, sempre respeitando as crianças pequenas e seu modo vivo e alegre de ser’, finaliza o comunicado.

Se todos os colégios tivessem tamanha consciência…

Emei2

 

 

Comentários

Comentários

Adele Grandis: Taurina com ascendente em touro - isso explica muita coisa!