Mães espanholas à frente de campanha contra sexismo do McLanche Feliz

Em nossa sociedade tão capitalista, as crianças, hoje, são alvo constante de campanhas publicitárias que incentivam o consumismo precoce. Há uma infinidade de reclames televisivos que diariamente apresentam aos pequenos as novidades voltadas exclusivamente as suas vontades e supostas necessidades.

cons_inf5

Tristemente, em sua maioria, elas não instigam apenas o consumo, mas também o sexismo. Produtos que, anteriormente, eram ofertados de forma única às crianças, independente de seus sexos, agora apostam na oferta segmentada. Lego, Kinder Ovo e Mc Donald’s são apenas alguns exemplos.

cons_inf4

Mãe e funcionária da cadeia de fast food, a espanhola Sandra Diez Urueña está à frente de uma campanha que visa a reformulação dessa publicidade. ‘Como empregada da multinacional, diariamente me deparo com frases como ‘Boneco, porque meu filho é muito macho’, quando pergunto a um pai sobre qual brinquedo irá acompanhar o Mc Lanche Feliz. Compreendemos que esta seja uma questão educacional do núcleo familiar, mas não é uma desculpa para nossa falta de comprometimento com um tema tão sério feito o sexismo’.

cons_inf2

Acreditando que as crianças se identificam com os brinquedos, independente de seus sexos, Sandra aposta no brincar livre, sem distinção de símbolos, formas e cores – uma vez que essas ações podem interferir e educar erroneamente as crianças, moldando suas mentes.

cons_inf3

Ela criou uma petição online para recolher assinaturas virtuais a fim de pressionar o Mc Donald’s a oferecer seus brinquedos sem classifica-los como ‘para meninas’ e ‘para meninos’, limitando-se ao seu nome e modelo, permitindo assim que a escolha seja feita pelas crianças sem considerar seus sexos.

cons_inf1

A ideia é que os pequenos possam ter autonomia sobre seus gostos, definindo assim sua personalidade sem a interferência dos adultos, tão empenhados às classificações. O objetivo é que as crianças possam assim reforçar a autoestima e valores de igualdade, respeitando os gêneros e estimulando a cooperação igualitária.

Comentários

Comentários

Adele Grandis: Taurina com ascendente em touro - isso explica muita coisa!