Universidade de Stanford lança 1º curso de negócios para lideranças LGBT

stanford1

A Universidade de Stanford, uma das instituições americanas de ensino mais consagradas, tem uma vasta lista de ex-alunos notáveis, que inclui nomes como Jennifer Connelly, Reese Witherspoon, Sigourney Weaver e John F. Kennedy, e agora sai à frente de suas concorrentes por ser a primeira escola de negócios a oferecer um curso de gestão voltado especialmente à liderança de equipes LGBT.

Voltado a executivos sêniores, com pelo menos dez anos de carreira ou líderes administrativos em geral, o LGBT Executive Leadership Program tem duração de apenas uma semana (31/07 a 05/08) e investimento de US$12 mil, que inclui acomodações privadas, refeições e materiais necessários para o curso.

O programa, que visa liderança forte e de impacto, pretende proporcionar ainda mais autenticidade aos líderes e efetividade na demonstração de sua força e influência através da aposta de uma visão global e abrangente, que inclui o espaço que a comunidade LGBT tem, finalmente, conquistado no mercado de trabalho.

A rainbow flag, identified with the Gay community, decorates the desk of Assemblyman Tom Ammiano, D-San Francisco, who is gay, at the Capitol in Sacramento, Calif., Monday, June 14, 2010. The California Legislative Lesbian, Gay, Bisexual and Transgender Caucus honored 10 individuals for their work in the LGBT community as part LGBT Pride Month Celebrations. (AP Photo/Rich Pedroncelli)

Os profissionais serão incentivados a pensar, preparar-se e agir globalmente, combinando sua liderança pessoal com o pensamento inovador – compartilhando suas experiências com outros executivos a fim de construir network eficaz que possa manter para troca de contatos e indicações de seus profissionais.

Ou seja, eis a oportunidade de chefes com anos de carreira repaginar a forma como tratam e convivem com seus funcionários, preparando-os para atender às necessidades e desafios, bem como extrair o melhor de membros gays e transexuais de suas equipes.

Pensando nisso, o curso intensivo é focado em aulas interativas – com workshops experimentais, pequenos grupos de discussão, mesas redondas e professores convidados. Para explorar a arte da influência e tomada de decisões, os alunos aprenderão como estender suas experiências para suas empresas e dar suporte à próxima geração de líderes homossexuais, bissexuais e transgêneros.

Durante as aulas serão abordados tópicos como autenticidade, autoridade, participação e poder. Os executivos aprenderão como identificar influências e qualidades dos membros LGBT de suas equipes, auxiliando-os a fazer melhor uso de seus talentos interpessoais para que possam se tornar líderes autênticos futuramente, desenvolvendo novos modelos de pensamento e atuação global.

Ponto pra Stanford!

stanford3

 

Comentários

Comentários

Adele Grandis: Taurina com ascendente em touro - isso explica muita coisa!