Marina Lima: voz e coração florescem em disco ao vivo

Marina Lima acaba de lançar seu 20º disco. “No Osso Ao Vivo” é retrato da experiência intimista e visceral que é o show “No Osso”, todo em voz e violão, com bateria eletrônica em uma ou outra canção.

marinalima-capanoossoaovivo

Capa de “No Osso Ao Vivo” clicada por Paulo Mancini

Nas 14 faixas, brilha a já reconhecida simplicidade de Marina ao falar de despedidas, chegadas e outros subprodutos da autoanálise. Brilha também a voz, que foi assunto por muito tempo depois de uma mudança drástica por conta de um erro médico. Essa mesma voz retorna mais poderosa e vulnerável que nunca e ajuda a compor o clima “olho no olho” que reina durante o show em que ela conversa com o público e dedica o samba “Da Gávea” a “um bem, meu amor, ela adora samba, compus pra deixar ela impressionada”.

O álbum chega acompanhado de um documentário no qual Marina mostra trechos do show e reúne amigos em sua própria casa para comentar sobre o álbum e sua carreira.

Já falei aqui no A Coisa Toda e repito: Marina Lima é uma artista que encanta pela dose de realidade que nos joga na cara, e pelo comprometimento absoluto com a beleza, com a honestidade e com uma serenidade que só tem quem enfrenta suas horas escuras com o mesmo sorriso que cumprimenta x melhor amigx em um dia de sol.

Enfim, o disco é lindo. Bora ouvir!

 

Comentários

Comentários