Phillipa Rice e a beleza das pequenezas cotidianas

everyday-love-comics-illustrations-soppy-philippa-rice-91Ouvimos e lemos por todos os cantos que a beleza está nas pequenas coisas, mas este é um clichê que geralmente nos passa batido, do tipo que entra por um ouvido e sai pelo outro, até que algo repentinamente aconteça e faça com que a gente perceba o sentido e poder desse chavão.everyday-love-comics-illustrations-soppy-philippa-rice-131E isso comumente ocorre quando nosso coração está partido. Pouco antes de se optar pelo término do relacionamento ou um ou ambos estão de saco cheio um do outro e a tensão é tamanha que a convivência se torna insuportável e não sobra espaço para muita coisa além de bufadas.everyday-love-comics-illustrations-soppy-philippa-rice-191Contabilizamos os dias como se fosse uma bomba relógio, esperando pelo momento no qual tudo irá para os ares, cada um tomará seu rumo e chega de sofrência. Bem, pelo menos é assim que pensamos quando nos encontramos nesse tipo de situação. Só que quando o fim realmente chega, traz consigo a dor – de mala e cuia, numa intensidade que parece que jamais irá cessar.everyday-love-comics-illustrations-soppy-philippa-rice-151Roberto Carlos rola na vitrola, garrafas e garrafas de vinho são entornadas em desabafos com os amigos que já não aguentam mais ouvir suas lamúrias, mas seguem fieis ao seu lado. Bate a vontade de desaparecer, de ficar só, de passar o rodo, de estar rodeado dos queridos. E a gente até tenta um pouco de cada coisa, sobra o vazio, a falta, um buraco infindo que faz a ausência cada vez mais presente justamente nos tais… pequenos gestos, pequenas coisas.everyday-love-comics-illustrations-soppy-philippa-rice-421Nossa mente oscila entre o ‘hey, vai passar, guenta firme, tudo aconteceu como deveria, você fez seu melhor’ e ‘a cama parece tão gigante sem elx aqui, o seriado não tem mais graça sem a presença delx, sinto falta do cafuné, não encontro outro abraço que me caiba, o que fazer com a escova de dentes que ficou no armário do banheiro?’.everyday-love-comics-illustrations-soppy-philippa-rice-331As recordações do trivial de uma típica rotina de casal ganham dimensões astronômicas e a gente se questiona por que não deu valor a isso antes? Bem, Phillipa Rice é o tipo de pessoa que sempre soube ver a grandiosidade nas pequenezas do cotidiano. Aos 30 anos, a artista britânica começou um diário de sketches justamente quando passou a morar com o namorado de longa data, o ilustrador Luke Pearson, de 28.philipparice_3146315bPraticamente todos os dias ela documentava, em forma de desenho, algo que vivenciou na companhia de seu amor – de idas ao supermercado às discussões por banalidade. O caderninho era mantido em segredo e funcionava de maneira terapêutica para a moça. Enquanto transpunha ao papel suas experiências a dois conseguia refletir sobre os erros e acertos da relação.everyday-love-comics-illustrations-soppy-philippa-rice-111A vida de qualquer pessoa muda bastante quando passa a ser compartilhada com outro alguém e manter uma união estável/casamento requer entrega e concessões. É preciso estar aberto para aprender a ouvir mais do que falar, como se expressar sem explodir, compreender gestos e manias alheias e dispersas das suas.everyday-love-comics-illustrations-soppy-philippa-rice-141Depois de muitas ilustrações guardadas apenas para si, a artista decidiu compartilhar algumas de suas favoritas em suas redes sociais. O sucesso foi imediato. Infinitos compartilhamentos. Phillipa percebeu então que, mesmo momentos tão íntimos para ela são experiências universais de uma vida compartida.everyday-love-comics-illustrations-soppy-philippa-rice-341E assim nascia Soppy – gíria britânica para se referir ao piegas e sentimentalismo e nome escolhido por ela para batizar sua personagem. Com traços simples, porém cativantes, os desenhos foram inspirados na estética de La Vilaine Lulu (livro em branco, preto e vermelho ilustrado por Yves Saint Laurent) e Canopée (uma história de amor sinistra da francesa Karine Bernadou).everyday-love-comics-illustrations-soppy-philippa-rice-311A recepção de Soopy foi tão boa que Phillipa desenvolveu uma série limitada de historinhas impressas para comercializar através de seu site. Choviam encomendas e pedidos por mais novidades relacionadas ao casal e há cerca de um ano Soppy acabou virando livro.everyday-love-comics-illustrations-soppy-philippa-rice-281O sucesso da história fez com que a artista obtivesse reconhecimento mundial e deixasse de lado seu trabalho em uma agência de animação para se dedicar integralmente a sua arte. Além de Soopy ela toca o My Cardboard Life e faz freelas de animação e ilustração.everyday-love-comics-illustrations-soppy-philippa-rice-101E quem diria que apenas por se atentar às pequenezas que a circundam ela iria assim tão longe, hein? Mais um motivo para você prestar mais atenção às coisas ao seu redoreveryday-love-comics-illustrations-soppy-philippa-rice-201

Comentários

Comentários

Adele Grandis: Taurina com ascendente em touro - isso explica muita coisa!