Dando uma pinta por Bruxelas

Nosso guia de viagens já passou pelas babadeiras cidades de Santiago e Berlim. Agora chegou a vez de Bruxelas, uma cidade pequenina da Bélgica, com o tamanho da Zona Norte de São Paulo, ou metade de Belo Horizonte, mas que possui uma vida noturna e boêmia digna de qualquer cidade grande.

Vem dar uma pinta por Bruxelas com a gente!

Compras

Bruxelas é muito pacata, mas não se engane, o centro da cidade fervilha dia e noite. Não por menos, a cidade é capital da União Européia. Você provavelmente irá se perder e se achar diversas vezes pelas ruazinhas e galerias da cidade, e não irá se arrepender. Para quem gosta de fazer compras o point é a Rue Neuve. Lá você encontrará não apenas lojas de grifes já conhecidas como a Zara mas também diversas lojas de departamento varejistas como a badalada Forever 21 – se você estiver a fim de pegar fila para, entrar dependendo do horário -, e também a C&A, a H&M e a Primark.

Inclusive, dica forte: entre na Primark. Roupas e acessórios de qualidade e sempre baratíssimos. Camisetas boas por 2 Euros não se encontra todo dia na Europa, migas!

Rue Neuve, a "25 de Março" de Bruxelas.

Rue Neuve, a “25 de Março” de Bruxelas. – Foto: http://www.trendaholic.be/

Noite

Se você gosta de curtir a vida noturna, Bruxelas também é feita pra você. A cidade é super gay friendly: os maiores points se reúnem nos arredores da Rua Kolenmarkt, bem próxima do “Grand Place”, talvez o local mais conhecido e turístico da cidade. Por aqui você encontrará bares, restaurantes e baladas super amigáveis e voltados ao público LGBTQI+. Dá pra reconhecer os locais seguros pois, em geral, eles têm uma bandeira arco-íris na porta ou na decoração interna!

Uma dica de restaurante e bar é a Brasserie du Lombard (ou apenas Le Lombard), que fica bem na esquina da rua. A decoração interna é uma mistureba! Uma parede bem geek com jogos, lustres antigos e praticamente qualquer cerveja que você possa conhecer – ou desconhecer -, e um ambiente bastante rústico de madeira. Na TV sempre está passando uma seleção de músicas e clipes do canal RFM, em um minuto vocês está ouvindo Baby One More Time da Britney Spears, no minuto seguinte um sucesso atual europeu e logo depois um rock alternativo inglês.

Le Lombard - Bar em Bruxelas. Foto: Google Street View

Le Lombard – Bar em Bruxelas. Foto: Google Street View

Mais dicas de bares e baladas são o L’Homo Erectus, o Le Belgica, o Le Boy’s Boudoir (com shows e música aos finais de semana) e o Le Baroqueque atrai bastante o público ‘bear’ (ursos). Claro que se vocês andarem pelas ruazinhas encontrarão muitos outros bares agradáveis e que possam satisfazer suas preferências. Segue um gostinho do que rola aos finais de semana na Le Boy’s Boudoir!

Se você der sorte, ou se planejar, pode pegar a maior balada LGBT de Bruxelas, a La Demence. Em geral funciona como uma rave com vários dias seguidos de baladas, mas poucas vezes ao ano. Vale dar uma conferida no site da festa.

Turistando

Ufa, já deu de balada e de compras? Bruxelas tem muito mais para se curtir. Os pontos turísticos e históricos são um diferencial da cidade. A Catedral de Saint-Michael, o Grand Place, o Manneken Pis, e o Parque de Bruxelas, próximo ao Palácio Real e ao Palácio da Justiça, são pontos indispensáveis.

Não se preocupe, você vai acabar passando por eles de alguma forma se ficar mais de um ou dois dias na cidade :).  O Atomium e a Basílica de Sacre Coeur são mais distantes do centro, mas possuem uma vista indescritível da cidade, além de chamar atenção pela própria arquitetura. A condução em Bruxelas é barata. Você pode comprar um MoBIB (o bilhete único deles) e se deslocar tranquilamente de ônibus, tram (bonde) e metrô. A tarifa individual não é tão barata, mas você pode comprar 10 viagens por 14 Euros, ou um passe 24h por algo em torno de 7 Euros.

Atomium - Construído para a Expo 58 em Bruxelas. Foto: Gresham Belson Hotel.

Atomium – Construído para a Expo 58 em Bruxelas. Foto: Gresham Belson Hotel.

Exclusividades “gourmet”

Não deixe de experimentar as deliciosas cervejas belgas, que agradam até mesmo quem não é muito fã de cerveja. Tem também os maravilhosos Waffles, com opções a partir de 1 Euro em qualquer esquina, e que farão qualquer amante de doces babar e sentir saudades dessa cidade pelo resto da vida. Isso para não citar os famosos chocolates!

Os famosos Waffles. Eu sei que você está babando. - Foto: Blog Morando na Alemanha,

Os famosos Waffles. Eu sei que você está babando. – Foto: Blog Morando na Alemanha,

Abaixo mais algumas fotos para quem quiser ter mais um gostinho da cidade!

 

Comentários

Comentários

Marcos Lourenço é estudante de História. Apelidado de Trevor no teatro por admirar o ator Trevor Wright. 26 anos nas costas e vivendo um dia de cada vez como um bom pisciano. Cinéfilo que também gosta de games-livros-teatro. Sempre curioso e engajado já se meteu em poucas e boas.